Antonio
jonas n

Como o Tatu se Defende?

Conhecendo um Dos Animais Mais Incríveis do Mundo: o Tatu

Por Adm em 18/03/2022 às 20:34:47

Afinal, quais animam são abordados pela palavra Tatu? O que faz com que um animal se encaixe nesse termo? Um tatu, é um animal mamífero (possui glândulas mamárias), pertencentes à ordem Cingulata e à família Dasypodidae. A característica visível aos nossos olhos que mais traz as lembranças do tatu, é a estrutura maciça que ela apresenta em sua parte dorsal. Essa carcaça é vista como uma armadura, que muitas vezes fornecem algum tipo de proteção. Esses animais são naturais do continente americano, e tem como habitat natural, várias vegetações provenientes de várias partes do mundo: savanas, cerrados, matas ciliares, e florestas molhadas.

A etimologia da palavra tatu é dada pela derivação de ta"tu, que no tupi significa casca densa. Biologicamente classificando o tatu, temos que o reino é o Animalia, o filo é Chordata, a classe é Mammalia, a infra classe é Eutheria, a super ordem é Xenarthra, ordem é Cingulata e Familia Dasypodidae.

Uma das características mais curiosas desses animais são as suas utilidades para a medicina. Poucas pessoas sabem, mas o único ser vivo capaz de contrair a hanseníase (lepra), é o tatu. Isso torna o tatu um animal que é objeto de estudo por todo o mundo, uma vez que existe um eterno vácuo acadêmico no que compreende as causas e tratamento da doença. A hanseníase pode ser transmitida pela ingestão da carne do tatu, e vale lembrar que mesmo a caça do tatu, pode se tornar um vetor em potencial da doença.

Tatu
Uma grande importância do tatu (além dos estudos sobre a lepra) é a sua função na cadeia ecológica. Tatus são grandes eliminadores de insetos ( se caracterizando como animais insetívoros), o que faz com que a população de formigas e cupins diminua drasticamente. Para se ter ideia da quantidade de formigas que esse animal ingere, uma pesquisa recente de uma grande universidade do sul do Brasil, concluiu que o tatu-mulita de 2 kilos e meio, consegue ingerir em uma única noite, um total de até 9 mil formigas.

Uma vez que temos ciência de todos esses fatores benéficos do tatu, nos damos conta que ao caçarmos o tatu para ingestão de sua carne, causa um desequilíbrio ambiental tamanho, que a quantidade de formigas aumenta drasticamente. Isso provoca uma serie de problemas econômicos, já que as formigas conseguem causar problemas em vegetações e aumentar reações alergias em seres humanos e animais.

  • Como os Tatus se Defendem?



  • Sabemos que o mundo animal é muito parecido com um ringue de MMA, ou você mata ou você morre. Os animais precisam se defender para continuar a viver, e se dividem em dois grupos: aqueles que atacam para se defender, e aqueles que simplesmente usam de artifícios conferidos pela natureza para escapar de seus predadores. Os tatus definitivamente se encaixam no segundo grupo.

    • A Defesa do Tatu Bola



    • O tatu bola é um dos animais que apresenta defesa mais curiosa dentro da fauna brasileira. Esse animal que foi escolhido para ser o mascote da Copa do Mundo de 2014 e foi apelidado de Fuleco, tem a habilidade e se tornar literalmente uma bola quando algum predador se aproxima. Como a sua carcaça é completamente maciça, se torna muito difícil para seu predador conseguir a ingestão ou a captura do tatu bola. Além do que, quando ele se fecha em formato de circunferência, se torna absolutamente necessária uma envergadura bucal muito grande para conseguir engolir o animal.

      • Demais Tatus


        Tatu na Natureza

        Aqueles tatus que não possuem a habilidade de se fechar em formato de bola quando estão na eminencia de um predador precisam ter outras habilidade para se afugentar. Táticas como camuflagem e fuga em velocidade não costumam ser muito eficientes quando tratamos de animais velozes ou aqueles que apresentam visão diferenciadas. O tatu é um animal que se expõe mais a noite, mas mesmo assim sofre em excesso com seus predadores.

        O tatu costuma cavar tocas no subsolo que não permitem a animais maiores entrar nessas cavidades. Logo a forma mais eficiente que um tatu possui de fugir dos seus predadores é entrar nessas tocas cavadas por eles mesmos (uma vez que os tatus são exímios cavadores), aliado ao seu hábito noturno que lhes confere uma vantagem devido a sua visão, que se adapta a ambientes de pouca luz.

        • Curiosidades Sobre os Tatus



        • Já falamos sobre algumas curiosidades dos tatus, e uma das mais interessantes é que eles são animais que adoram o sub solo e apresentam hábitos noturnos. Durante o dia, esses animais basicamente dormem. Outra curiosidade é sobre a alimentação desses animais, que tem uma inusitada dieta de formigas e cupins.

          Esses animais dorminhocos (dormem em média 16 horas ao dia), conseguem procriar com um ano de idade, período o qual eles adquirem a conhecida maturidade sexual dentro do mundo animal. Os tatus nadam muito bem, apesar de preferirem estar em terra firma na maior parte do tempo.

          Fato é que o tatu também é muito admirado pela sua carne, que mesmo embaixo do seu famoso casco duro e maciço, apresenta uma grande maciez e sabor inigualáveis. Isso faz com que por todo o país, se encontrem logradouros e criadores de tatus. O valor nutritivo é muito interessante, sendo uma fonte de proteínas muito citada dentro da gastronomia.Quanto ao artesanato, o casco do tatu é tido como matéria prima para confecção de bolsas, sapatos e outros artefatos da indústria da moda. A presença desse animal é muito comum em território nacional, assim como nos demais países da América do Sul como Uruguai, Paraguai, Suriname, Argentina, Bolivia, Equador e Venezuela. Em todos os países citados, existe uma regularização para a criação desses animais, e no Brasil ela é realizada pelo IBAMA. Logo, quando nos perguntamos se é legalizada a criação de tatus, a resposta é: sim. Desde que haja as devidas autorizações do IBAMA, acompanhadas das devidas regularizações, é possível.

          O abate do animal é permitido acima de 1 ano ou 1 ano e meio, dependendo da espécie e localidade.

Fonte: culturamix

Jorge
jonas na
antonio 3
Bahia
Antonio 4
jonas nas